em Doenças, Exames, Tratamentos

Cuidar da saúde dos olhos é essencial. A maioria das doenças oftalmológicas têm cura, porém, algumas delas são chamadas de doencas crônicas e a medicina ainda não o comtempla um tratamento efetivo, como a chamada Degeneração Macular realcionada a idade, na forma seca – DMRI. Contudo, sua progressão pode ser minimizada através da adoção de medidas simples no nosso dia a dia.
Uma dieta saudável, repleta de verduras, legumes, frutas e peixes, pouca gordura, sem cigarros e uma atividade física regular é de grande importância para a saude dos olhos.

Esta doença envolve a área da visao central – a mácula – que eh a região central da nossa retina rica em células fotorreceptoras, que captam a imagem e trasmitem-nas para o cérebro, através do nervo óptico. Esta area é responsável pela visão de detalhes, leitura, reconhecimento de faces e cores, por exemplo.
Se formos comparar nosso olho com o funcionamento de uma câmera fotográfica, a retina seria o filme – ou o chip, no caso de câmeras digitais. É, portanto, na retina que a imagem captada é decodificada e enviada para o cérebro.
Qualquer alteração na região da mácula, pode levar a baixa visual, como também nos pacientes diabéticos (link) por exemplo..

Como prevenir a degeneração da mácula
Para prevenir a degeneração da mácula os especialistas recomendam uma dieta com bastante vitaminas antioxidantes (C e E), betacarotenos, que estão presentes na vitamina A, zinco, selênio, luteina, zeoxantina e ácidos graxos, como o ômega-3.

É muita coisa para pensar, né? Realmente. Mas calma, não precisa se preocupar. Abaixo, preparamos um guia com dicas de onde encontrar cada um dos nutrientes citados acima:

● A vitamina C é encontrada em frutas cítricas, na maçã e outros vegetais, como pimentão, espinafre, tomate e batata;

● A vitamina E está presente no abacate, nos vegetais verdes, nas castanhas, no trigo e no óleo de girassol;

● Os betacarotenos são nada mais do que os pigmentos amarelos de alguns vegetais. Durante a digestão, os betacarotenos são convertidos em vitamina A, que, por sua vez, é um nutriente fundamental para uma boa visão. Os betacarotenos podem ser encontrados nas folhas verdes, no pimentão amarelo, no brócolis, no milho, na alface e no espinafre. Eles também estão disponíveis em frutas como a laranja, a tangerina e a manga, e nos ovos (assim como a luteina);

● Os ácidos graxos, como o ômega-3, também é conhecido como óleo de peixe. O nome diz tudo: eles podem ser encontrados, principalmente, em peixes como a sardinha e o salmão, os mais ricos nestes nutrientes. Mas caso você não goste de peixe, não há com que se preocupar, pois, além das cápsulas vendidas na farmácia, este nutriente também é encontrado no kiwi e na amora;

● Por último, mas não menos importante, o zinco é um mineral essencial no combate à degeneração. Ele pode ser facilmente encontrado em ostras, por exemplo . No entanto, já que não é fácil consumir ostras no dia a dia, há outras opções: a lagosta, o caranguejo e carnes mais comuns, como a de boi, a de frango e a de porco. Os laticínios também ajudam a adquirir zinco, além dos cereais, da aveia e das amêndoas, castanhas, nozes, etc..
Os graos em geral saouma fonte riquissima de anti-oxidantes, comtemplando grande parte das vitaminas que necessitamos

Além disso, como ja mencionado acima, evite o fumo – que leva uma oxidação exagerada das celulas , o álcool em excesso, conbata a obesidade e faça atividades fisicas regular alem de, apos os 50 anos, fazer exames regulares de fundo de olho.

 

Dra. Francyne Veiga Reis Cyrino

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
× Fale conosco via WhatsApp